Contato

© 2017 Método Meir Schneider Self-Healing®

  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • YouTube ícone social
  • Google+ ícone social
  • Blogger ícone social

Entre em contato com a gente e receba atualizações de palestras, cursos e workshops de Self-Healing em todo Brasil.

As Técnicas

As técnicas utilizadas nas sessões de Self-Healing Autocura são ensinadas ao paciente com objetivo de maximizar as possibilidades de autocura do corpo. Com a prática constante destas técnicas, é possível ativar as vias neurais, criar melhores condições para o funcionamento fisiológico e, com isto, possibilitar a recuperação de deficiências ou compensar perdas que já aconteceram. Conheça abaixo algumas delas. 
 

 


Respiração 

Procura-se orientar o paciente para experimentar uma respiração profunda, realizada de forma lenta e suave, ao contrário da nossa respiração cotidiana, geralmente ansiosa e superficial. Assim, estimula-se o sistema nervoso parassimpático, produzindo um efeito calmante e estabilizador sobre todo o corpo. Para que isso aconteça, trabalha-se a redução das tensões musculares, que impedem o livre movimento da caixa torácica e do diafragma. O trabalho com a respiração facilita a percepção cinestésica e auxilia na realização de um movimento de melhor qualidade. 

 


Massagem 

Há técnicas de massagem e de mobilização específicas para regenerar e fortalecer ossos e músculos, regenerar músculos distróficos, melhorar a transmissão neurológica e aumentar a mobilidade articular - o que difere da massoterapia comum. Com a massagem, procura-se relaxar os pacientes e prepará-los para o movimento, além de criar neles a sensação de que mais movimento é possível. Quando utilizadas de forma combinada, as técnicas de massagem e de mobilização ampliam-se mutuamente. 

 

 


Movimento 

O Método Meir Schneider - Self-Healing® Autocura é uma terapia de movimento. Foi desenvolvido um sistema completo de movimentos efetivos, que são realizados com a atenção dirigida para membros, articulações, órgãos internos (como o coração, os pulmões e o intestino), ou seja, para todos os sistemas funcionais do corpo. É sempre possível ativar e melhorar movimentos negligenciados - e os resultados têm se traduzido na melhora física e psíquica dos indivíduos. Utiliza-se também movimentação passiva, que favorece a circulação local, alivia tensões e é um dos primeiros passos para o trabalho com pacientes que estão muito debilitados. Com o movimento passivo, relembramos ao cérebro o que é movimentar-se com leveza e equilíbrio. Estas técnicas também favorecem a utilização apenas de músculos indispensáveis à execução de cada movimento, evitando desgastes desnecessários. Além disso, são realizados exercícios na água, em casos de desordens neuromusculares e articulares. 

 

 


Visualização 

Para criar novos movimentos ou torná-los mais eficazes, a visualização (imagens mentais) é usada juntamente com a massagem, com a respiração e com o sistema de movimentos. As visualizações são formas de obter a colaboração da mente e do cérebro na produção e na melhoria do movimento e da saúde de cada indivíduo. 

 

 


Desenvolvimento da consciência corporal 

A consciência corporal se desenvolve por meio da experiência. Uma pessoa com o corpo dolorido, ou em uma situação de estresse ou de abalo emocional, poderá acabar tensionando seu corpo. E, com um corpo tenso, não poderá sentir. O Método Meir Schneider Self-Healing® Autocura mantém em seu programa terapêutico e de treinamento as características que conduzem o indivíduo a despertar até mesmo a sua consciência motora mais fina. Na medida em que ele se move com consciência, este indivíduo estará aprendendo mais sobre o seu corpo e suas conexões como, por exemplo, a relação entre o girar dos pés e um consequente relaxamento dos músculos do pescoço. É justamente pelo conhecimento sobre si mesmo que o praticante aprenderá como se portar e se movimentar de forma mais saudável.